Orçamento de Estado prevê 123 milhões € para eficiência energética

Proposta afirma que investimento “conduzirá a um salto qualitativo para a população portuguesa”
Federica Giusti/Unsplash
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

O Orçamento de Estado para 2022 (OE 2022) vem com medidas para múltiplos investimentos no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e uma delas é o melhoramento da eficiência energética dos edifícios.

Segundo a edição desta quarta-feira do suplemento Público Imobiliário, o Governo tem 123 milhões de euros para este objetivo, que inclui também a promoção duma utilização mais eficiente de equipamentos. O dossiê do jornal Público frisa que é uma “aposta clara” do executivo, que inclui no documento a referência aos “investimentos previstos no PRR”, onde se prevê “o apoio à renovação de edifícios e infraestruturas, seguindo critérios exigentes de eficiência energética ou o apoio à vertente de construção de novos edifícios, com uma procura de energia primária inferior (em pelo menos 20%) ao requisito NZEB (edifícios com necessidades quase nulas de energia)”. 

O Governo acredita que este investimento na eficiência energética dos edifícios trará uma “redução de 35% do consumo de energia primária” e “conduzirá a um salto qualitativo para a população portuguesa, reduzindo fortemente as situações de pobreza energética, que, no presente, afetam milhares de famílias”.

O OE 2022 será discutido e votado nos próximos dias 28 e 29 de abril. 

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Atualização de rendas antigas só a partir de 2023

Artigo seguinte

Festa das Cruzes está de regresso

Há muito mais para ler...