IRS: prazo foi alargado

Ao todo, já foram entregues quase cinco milhões de declarações.
Joehawkins (CC BY-SA 4.0)
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 6 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

O prazo do IRS foi alargado até sexta-feira (1 de junho), refere António Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, em declarações à Agência Lusa. 

Segundo o membro do Governo, “o prazo acaba no dia 31 de maio que é um dia feriado e, nos termos da lei, os prazos que terminam em dia feriado passam para o primeiro dia útil seguinte. Por isso, de acordo com a lei, o prazo acabará no dia 1 de junho”. 

Ao todo, já foram entregues quase cinco milhões de declarações e o governante garantiu que já foi realizada “a liquidação de mais de 90% desses mesmas declarações”. 

Total
0
Partilhas
Artigo anterior

Avaliação Bancária não tem parado de subir

Artigo seguinte

PS propõe isenção de mais-valias para quem vende a casa depois dos 65 anos

Há muito mais para ler...